Como Investir meu Dinheiro?

Muita gente se faz esta pergunta quando percebe que tem algum dinheiro sobrando e

precisa decidir o que fazer para rentabilizar suas economias.

 

E não é por acaso, pois esse universo de investimentos e aplicações financeiras ainda é

desconhecido para muita gente, que prefere ficar na poupança.

 

 

Então Afinal, Como Investir meu Dinheiro?

 

Neste artigo, você vai ver algumas dicas de como investir seu dinheiro em aplicações de baixo risco,

que podem ter rendimento mais elevado do que a poupança, e  algumas informações que podem facilitar na hora da decisão no investimento.

 

Apesar de parecer um trabalho difícil  é possível fazer com que o seu dinheiro trabalhe em seu benefício,

gerando renda para auxiliar na construção do seu  patrimônio.

 

Muitas pessoas se preocupam em quanto irão ganhar, ou qual será a rentabilidade do seu investimento.

Na maioria das vezes a pergunta é : qual investimento está rendendo mais?

 

 

 

 

Abra sua conta em um banco de investimentos

 

O banco de investimentos é uma instituição que o auxiliará na busca pelas alternativas mais adequadas ao seu perfil de investimento.

Ao escolher um investimento, você precisa analisar além da rentabilidade, também quais são os riscos e a liquidez deste ativo.

Da mesma forma, não se deve comparar a rentabilidade de um fundo de investimento de renda fixa com outro de ações.

 

 

 

O gerente do banco NÃO é seu amigo

Quando começa a sobrar dinheiro na conta, é muito comum que o gerente do banco te faça uma ligação:

Leia também!  Estou perdendo dinheiro na poupança?

        “Seu dinheiro está parado na conta, porque não investir ele?

No entanto, na hora de aceitar a recomendação de qual investimento é o melhor para você, cuidado!

O que o seu gerente não diz é que ele recebe uma comissão sobre cada investimento que ele vende.

E cada investimento paga uma comissão diferente.

É necessário considerar o perfil de investidor (se conservador, moderado ou agressivo)  e o horizonte de tempo do investimento.

Somente assim será possível conciliar todas as variáveis envolvidas.

 

 

 

Faça um planejamento financeiro

 

Em nosso artigo organizando as finanças pessoais, você saberá como iniciar esse processo,

para isso, é preciso estimar todas as receitas mensais e as suas despesas,

será necessário também, conhecer suas motivações e objetivos.

 

 

Comece a investir o quanto antes

 

Quanto antes a você conhecer os benefícios de investir, melhor!

Isso significa que as suas economias passarão a trabalhar para você, gerando uma renda

extra que auxiliará a alcançar os objetivos estabelecidos inicialmente.

 

 

 

 

Não importa quanto dinheiro você tem, aproveite agora para a começar a investir com calma e ir aprendendo.

Assim quando você tiver mais dinheiro não terá tantas dúvidas e já saberá como tudo funciona.

 

 

 

 

Defina uma meta para poupar

 

Depois de feito o organograma das finanças é possível enxergar onde se pode economizar para investir.

Leia também!  Como são Tributados os Investimentos de Renda Fixa.

Você terá 2 situações comuns para decidir entre poupar um Valor fixo mensal  ou um Valor proporcional à renda.

Independente da escolha feita, você precisa levar isso muito à sério.

Disciplina faz toda a diferença na hora de poupar.

 

 

 

 

 

Investir não é brincadeira! Você pode imaginar que o mundo de investimentos é uma grande aventura

e que irá ficar rico de um dia para o outro.Na maioria das vezes o melhor investimento é aquele

mais sem graça e desinteressante de todos, como uma entre as várias opções de investimentos

em renda fixa, ou um fundo de investimento.

 

 

 

Diversifique seus investimentos

 

Apenas a diversificação é capaz de criar uma carteira de investimentos sólida, segura e que ao mesmo tempo busca as maiores rentabilidades

Ao aplicar as economias em diferentes modalidades é possível construir rentabilidades e prazos

que se adequem aos objetivos estabelecidos pelo investidor no curto, médio e longo prazos.

Você terá investimentos com comportamentos diferentes e quando um estiver apresentando perdas,

provavelmente haverá outro com resultados positivos que possa compensar.

 

 

Diversificar é muito importante, ainda mais quando você começa a investir

em aplicações mais arriscadas como bolsa de valores.

É fundamental ter uma parte do dinheiro investido em diferentes classes de ativos,

com diferentes perfis de risco, no entanto é preciso estar atento a todos os investimentos simultaneamente.

 

 

 

 

 

 

Investimentos mais procurados:

Bolsa de Valores; Tesouro Direto, CDB, LCI / LCA, Fundos DI, Fundos Imobiliários

 

Leia também!  O que é o CDI ?

 

 

Considere o imposto de renda

O imposto de renda é fundamental nos investimentos.

Cada tipo de ativo tem uma tributação diferente e ela afeta diretamente a sua rentabilidade.

 

O imposto de renda em ações por exemplo, requer apuração mensal e tem diferentes

alíquotas para operações daytrade (20%) e as demais operações (15%).

 

Enquanto isso alguns investimentos têm tributação regressiva, que diminui ao longo do tempo,

como o Tesouro Direto. Já outros são totalmente isentos de imposto de renda.

Por conta disso, é importante que você inclua o imposto de renda em seus cálculos,

antes de decidir qual investimento é o mais indicado para você.

 

 

Se você investir sem analisar adequadamente suas opções, você pode ter prejuízo ou, no mínimo, deixar de ganhar dinheiro.

 

 

O primeiro passo para investir seu dinheiro você já deu:

começou a procurar informações de qualidade sobre o assunto.

Essa é uma excelente medida, que vai fazer a diferença nos seus rendimentos.

 

Para saber mais sobre investimentos em Bolsa de Valores acompanhe nossa série de videos

exclusivos para sanar todas as suas dúvidas.

(Visited 10 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *