Introdução à Análise Técnica – Topos e Fundos

 

A observação de um candle, possibilita extrair algumas informações sobre o equilíbrio de forças entre compradores e vendedores.
Mas um candle por si só, não é capaz de nos dar a direção. Para termos a noção da direção dos preços ou do mercado, precisamos que ele se movimente, formando extremos.

 

​COMO IDENTIFICAR TOPOS E FUNDOS

 

Topo é o nível de preço mais alto atingido por uma sucessão de dois ou mais candles, antes da ocorrência do ponto de inversão.

Fundo é o nível de preço mais baixo atingido por uma sucessão de dois ou mais candles, antes da ocorrência do ponto de inversão.

Ponto de inversão é todo local onde ocorre uma inversão na direção prévia de uma sequência de candles.

 

  • Ponto de inversão é todo local onde ocorre uma inversão na direção prévia de uma sequência de candles.

TOPOS E FUNDOS PRINCIPAIS E SECUNDÁRIOS

 

A relevância dos topos e fundos podem ser definidas com precisão se forem classificadas por periodicidade (falaremos adiante).

Topos / fundos mais importantes (principais) -ponto de inversão ocorre após um movimento mais prolongado.

Topos / fundos menos importantes (secundários) – invertem a direção por um curto período e na sequência formam um movimento mais amplo, cuja inversão no extremo cria um topo/fundo principal.

(Visited 8 times, 1 visits today)
Leia também!  Porque a Análise Técnica não funciona

Camila Costa

Economista, administradora de empresas, especializada em gestão financeira e derivativos. Fundadora do Portal Educacional Distribuindo Valor. Trader Autonomia e investidora na Bolsa de valores de São Paulo - B3.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *